Arquivo de Notícias
2019 2018 2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009

Projecto EFFORTS – Effective Operations in Ports , 30-10-2009 in IST - CENTEC (sp)
O projecto EFFORTS, que foi financiado pelo 6º Programa Quadro da União Europeia, funcionou com o intuito de desenvolver melhorias na competitividade das operações portuárias na Europa.
O projecto EFFORTS, que foi financiado pelo 6º Programa Quadro da União Europeia, funcionou com o intuito de desenvolver melhorias na competitividade das operações portuárias na Europa e na qualidade das condições de trabalho nos portos e do mercado que se tornam importante nas regiões costeiras onde habitualmente se encontram instalados. Foi um projecto integrado com 43 parceiros que se concentrou em três principais áreas de aplicação foram: navegação no porto, os portos e o seu ambiente, e a organização portuária e infraestruturas. O IST/CENTEC desenvolveu trabalho no âmbito dos simuladores de manobra de navios em particular nos aspectos hidrodinâmicos da interacção dos rebocadores com os navios rebocados e nos aspectos gráficos do simulador. Também desenvolveu trabalho na modelação de riscos nas operações portuárias e no desenvolvimento de uma ferramenta informática para avaliação e monitorização de riscos em portos.
ABS Financia uma Bolsa de Doutoramento , 19-07-2009 in IST - CENTEC
No âmbito da cooperação e na área da investigação cientifica com o CENTEC, a ABS financia uma bolsa de Doutoramento durante 3 anos para trabalhar na área da Fiabilidade de Estruturas Navais.
No âmbito da cooperação e colaboração na área da investigação cientifica com o Centro de Engenharia e Tecnologia Naval (CENTEC) do Instituto Superior Técnico (IST), Universidade Técnica de Lisboa, a ABS financia uma bolsa de Doutoramento durante 3 anos para trabalhar na área da Fiabilidade de Estruturas Navais. Está previsto que a bolsa se iniciará em Setembro de 2009. Espera-se que o/a candidato(a) seleccionado(a) tenha um currículo adequado e que venha a frequentar o programa Doutoral em Engenharia Naval no IST, fazendo investigação no campo de Fiabilidade de Estruturas Navais, conducente à dissertação do doutoramento. A selecção do(a) candidato(a) será baseada no seu Currículo Vitae e a suas aptidões. As condições da bolsa são aquelas delineadas pelo regras do IST e regulamento que rege bolsas de investigação, que por sua vez são baseadas no regulamento de bolsas da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Envie a sua candidatura com CV completo e carta para Prof. C. Guedes Soares (centec@mar.ist.utl.pt).
EXTREME SEAS , 01-07-2009 in IST - CENTEC (sp)
O Projecto EXTREME SEAS “Design for Ship Safety in Extreme Seas”, financiado pelo Programa Europeu Sustainable Surface Transport vai ter o seu inicio em Setembro de 2009.
O projecto, com duração de 36 meses é liderado pela Sociedade de Classificação norueguesa Det Norske Veritas e tem a participação do Centro de Engenharia e Tecnologia Naval do IST, que além de parceiro, assume as funções de coordenador técnico do projecto. O projecto EXTREME SEAS pretende identificar as propriedades físicas das ondas extremas através do desenvolvimento de modelos matemáticos, caracterizando este tipo de ondas, bem como desenvolver metodologias e ferramentas de simulação que estudem o efeito que este tipo de onda provoca nas estruturas dos navios. O objectivo final é contribuir para a determinação dos valores de projecto dos efeitos das ondas nos navios, permitindo a actualização dos regulamentos de projecto e construção de navios.
Projecto SAFEOFFLOAD – Safeoffloading from floating LNG Platforms , 26-06-2009 in IST - CENTEC (sp)
O projecto SAFEOOFLOAD, financiado pelo programa EU-STREP (TST4-CT-2005-012560) terminou em Junho de 2009.
Este projecto tinha como objectivos principais optimizar os sistemas de descarga de gás natural líquido (LNG) de terminais flutuantes de LNG (FLNG) para navios LNG, maximizando o período de operacionalidade e segurança através da identificação de janelas temporais em que os navios podem descarregar e operar. Pretende-se maximizar a segurança e eficiência das operações de descarga e minimizar a possibilidade de colisão com falha das linhas criogénicas. Trabalhou-se para ter a capacidade de prever o comportamento dos navios durante as operações de descarga, quer atracados lado a lado ao terminal quer na posição de espera em tandem. Providenciou-se ainda uma metodologia de suporte à decisão que monitoriza continuamente o ambiente e combina a informação com as previsões meteorológicas e a simulação do movimento dos navios. O coodenador deste projecto era a Shell International Exploration and Production. Outros parceiros eram o DHI, DNV, Noble Denton, Imperial College, Universidade de Oxford e o IST/CENTEC, que também desempenhou a funções de Coordenador Técnico.
Projecto SAFEDOR , 01-04-2009 in IST - CENTEC
O projecto SAFEDOR “Design, Operation and Regulation for Safety” é um projecto Integrado financiado pelo 6º programa quadro da União Euroreia.
O Consórcio do SAFEDOR é composto por 52 organizações europeais representantes de todos os sectores da industria marítima e coordenado pela sociedade de classificação Germanischer Lloyd. O projecto SAFEDOR começou em Fevereiro de 2005 e terminou em Abril de 2009. O CENTEC esteve envolvido em tarefas relacionadas com a área de fiabilidade de estruturas de navios; avaliação de risco de navios LNG, na criação de soluções inovadoras para um pequeno navio tanque de transporte LNG e com a definição de opções de controlo de risco através da aplicação de modelos baseados em redes bayesianas. Do projecto resultou a publicação do livro Risk-Based Ship Design – methods, tools and applications, Apostolos Papanikolau (Ed.), Springer, 2009, 368 pages.
Projecto MARNIS , 31-03-2009 in IST - CENTEC
Em Março terminou o projecto MARNIS “Maritime Navigation and Information Services” financiado pelo programa Sustainable Surface Transports do 6º Programa Quadro da UE.
Em Março terminou o projecto MARNIS “Maritime Navigation and Information Services” financiado pelo programa Sustainable Surface Transports do 6º Programa Quadro da UE, coordenado pela organização holandesa AVV (Adviesdienst voor Verkeer en Vervoer), Transport Research Centre. Neste projecto a equipa do CENTEC aplicou um modelo de impacto ambiental de poluição marítima por hidrocarbonetos sob a forma de um índice de prioridade dos recursos costeiros existentes seguindo um critério ecológico. Identificaram-se e classificaram-se os diferentes tipos de costa, a sua biodiversidade, a sua exposição à ondulação marítima e as respectivas áreas protegidas de acordo com o seu valor de conservação e nível de vulnerabilidade. Os resultados obtidos com a aplicação do modelo de prioritização já foram apresentados e discutidos com o intuito de serem utilizados pelas autoridades marítimas portuguesas como informação auxiliar na tomada de decisão de acções e equipamentos de contingência a derrames de óleo.
Projecto RISPECT: Risk-based Expert System for Through-Life Ship Structural Inspection and Maintenance and New-Build Ship Structural Design , 31-01-2009 in IST - CENTEC (sp)
O objectivo principal do projecto é disponibilizar às companhias de navegação uma ferramenta que possibilite o controlo com vista à manutenção de todos os aspectos estruturais do navio.
O objectivo principal deste projecto, iniciado em Outubro de 2008, no âmbito do 7º Programa Quadro Europeu, é disponibilizar às companhias de navegação (armadores e gestores) uma ferramenta que possibilite o controlo com vista a manutenção de todos os aspectos estruturais do navio. O primeiro desafio é o estabelecimento de uma metodologia normalizada para a realização das inspecções a bordo dos navios. com a finalidade de armazenar dados resultantes das inspecções e relativas a todas as espécies de problemas estruturais (fracturas, deformações, condições das protecções de superfícies, corrosão), que serão guardados numa Base Centralizada de Dados . Este projecto disponibilizará uma metodologia, que combinará uma análise detalhada decorrente de uma experiência de longo prazo relativa a um grande número navios com métodos de fiabilidade para se dispor de planos de inspecção baseados em riscos e de orientações para o projecto. O projecto envolve 11 parceiros europeus. www.rispect.eu/
Metodologia para ensaios de manobrabilidade de navios com modelos autopropulsionados , 15-01-2009 in CENTEC - IST
Iniciou em Janeiro de 2009 o Projecto “Metodologia para ensaios de manobrabilidade de navios com modelos autopropulsionados”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.
Iniciou em Janeiro de 2009 o Projecto “Metodologia para ensaios de manobrabilidade de navios com modelos autopropulsionados”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Neste projecto pretende-se desenvolver um sistema de controlo e medição para conduzir testes de manobrabilidade com qualquer modelo livre de um navio de superfície. O modelo será operado como um modelo autónomo de superfície, mas tem a possibilidade de poder também ser operado por controlo remoto. Para testar o sistema desenvolvido, serão construídos e equipados dois modelos de fibra de vidro com diferentes formas de casco, velocidades de operação e arquitectura do sistema de controlo.
Projecto MARPORT , 01-01-2009 in CENTEC - IST
O Projecto MARPORT “Sistema de Previsão da Agitação Marítima em Portos Portugueses” financiado pelo Programa IDEIA/Prime através da Agencia de Inovação terminou em Junho de 2008.
O Projecto MARPORT “Sistema de Previsão da Agitação Marítima em Portos Portugueses” financiado pelo Programa IDEIA/Prime através da Agencia de Inovação terminou em Junho de 2008. Este projecto, do qual o CENTEC-IST era parceiro, foi liderado pela Administração do Porto do Douro e Leixões, e tinha também a participação da Administração do Porto de Sines. No projecto MARPORT, o CENTEC desenvolveu um sistema operacional de previsão da agitação marítima para os portos de Leixões e Sines, baseado em informação produzida por modelos regionais (MM5 e SWAN) forçados por campos obtidos de modelos globais (GFS e WAM). Com este objectivo foi adquirido e instalado um cluster de computadores que são utilizados para, diariamente, executarem os modelos regionais MM5 e SWAN e o modelo global WAM em modo de previsão. Foram definidos os diferentes domínios de calculo e parametrizações físicas para os modelos utilizados bem como a metodologia de transferencia de informação entre eles. O sistema de previsão está a funcionar de modo automático produzindo previsões de espectros e parâmetros de agitação marítima (altura significativa e direcção média) de 6 em 6 horas que são actualizadas diariamente. O modelo atmosférico MM5 e os modelos de agitação marítima (WAM e SWAN) foram já amplamente testados, quer com dados observacionais, quer com reanálises produzidas por outros modelos, estando a produzir bons resultados.